Por que estudar a Bíblia?

Por que estudar a Bíblia?
Por Francis Chan e Mark Beuving, em “Multiplique: discípulos que fazem discípulos”


Uma parte importante do processo de fazer discípulos consiste em ensinar as pessoas a obedecer a tudo o que Jesus ordenou (Mt 28.20). Isso significa que precisamos conhecer os ensinos e mandamentos de Jesus. Pode parecer que os primeiros discípulos tinham vantagem sobre nós nesse quesito. Como podemos ensinar as pessoas a seguir a Jesus se nós não presenciamos seu ministério nem ouvimos seu ensino? Mas não há desvantagem alguma, pois Deus registrou suas palavras e o testemunho dos seguidores de Jesus num livro — a Bíblia.


Para o cristão, nada deveria parecer mais natural que a leitura da Bíblia. Pedro, um dos primeiros discípulos de Jesus, comparou isso com o desejo natural de um bebê por leite: “Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele cresçam para a salvação, agora que provaram que o Senhor é bom” (1Pe 2.2-3). Tal como o recém-nascido depende de leite para sobreviver e crescer, nós devemos igualmente depender das palavras das Escrituras para nossa sobrevivência e crescimento espirituais. As palavras da Bíblia impactam milhões de vidas há milhares de anos, e Deus quer que elas transformem nossa vida também. Se você ainda não ama a Bíblia, ore para que isso aconteça.


Não importa qual tenha sido nossa experiência com a Bíblia, é útil para todos nós dar um passo atrás e refletir acerca do que esse livro realmente é. Quando falamos sobre a Bíblia, nós às vezes usamos uma linguagem profunda sem considerar o que estamos de fato dizendo. Talvez a coisa mais forte que possamos dizer a respeito da Bíblia é que ela é a “Palavra de Deus”. Mas você já pensou no que isso significa? Esse conceito deveria fundir nossa mente. Quando falamos da Bíblia, estamos, na verdade, falando sobre algo que o Deus onipotente, onisciente e transcendente decidiu escrever para nós! O que poderia ser mais importante?



Se você ainda não ama a Bíblia, ore para que isso aconteça.


Imagine como você responderia ao ouvir uma voz do céu falando diretamente a seus ouvidos. Nós deveríamos tratar a Bíblia com a mesma reverência.
Se realmente acreditamos que a Bíblia é a Palavra de Deus, então ela deveria ser mais que um livro com o qual estamos familiarizados. A Bíblia deveria moldar cada aspecto de nossa existência, além de guiar as decisões que tomamos na vida. Se Deus é o projetista e o criador deste mundo, se ele nos fez e nos colocou neste planeta, e se ele reservou tempo para nos dizer quem ele é, quem nós somos e como este mundo funciona, então o que poderia ser mais importante para nós do que a Bíblia?


Multiplique: discípulos que fazem discípulos. Francis Chan e Mark Beuving. São Paulo: Mundo Cristão, 2015. Págs. 79 e 80.


Leave A Comment

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Translate »